quarta-feira, 11 de julho de 2018

The Bridge – A Ponte: as causas sociais do suicídio

Artigo escrito pela Psicóloga Fernanda Guimarães e pelo especialista em Sociologia e Educação Roberto Guimarães



AVISO: o texto abaixo contém SPOILERS.

A Ponte é um documentário que registra alguns suicídios na ponte Golden Gate, assim como pesquisa as histórias dos suicidas e os impactos causados na vida de familiares e amigos. São casos chocantes e que requerem equilíbrio emocional para serem “digeridos” pelo espectador, portanto, sugerimos que pessoas fragilizadas emocionalmente não assistam ao documentário.
O suicídio ainda é tratado por boa parte da população como tabu, um ato incompreensível por atentar contra aquilo que é comumente entendido como o bem maior: a própria vida. Dessa forma, pouco se fala sobre o assunto, o que permite o surgimento de máximas tão errôneas quanto prejudiciais àqueles que já se encontram no limite, tais como “quem quer se suicidar não avisa” ou “quem quer realmente se matar, não tenta, consegue”, esta relativa às tentativas fracassadas.
É necessário entender que ninguém deseja realmente morrer quando há saídas para as cargas e dores com as quais a realidade nos presenteia, afinal, nossos organismos são estruturados com sistemas de regulação para a sobrevivência e adaptação às circunstâncias visando a autopreservação. Quando, então, o indivíduo anuncia suas intenções de se matar ou indica que preferia estar morto, mesmo em tom de brincadeira, está sinalizando a escassez de seus recursos para suportar as pressões que lhe afligem. É quase um pedido de ajuda.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Filmes e Séries: www.i9vadore.com.br

Seguir por E-mail:

Todas as imagens utilizadas nos artigos foram extraídas do Google Imagens